top of page
  • Foto do escritorRenata Marques Professiori

Fisioterapia para crianças

A fisioterapia para crianças é uma especialidade da fisioterapia que se concentra no tratamento de condições musculoesqueléticas, neurológicas e respiratórias em crianças. O objetivo é ajudar as crianças a melhorar sua função motora, desenvolvimento físico e qualidade de vida.


Os fisioterapeutas pediátricos trabalham com bebês, crianças e adolescentes para tratar uma variedade de condições, como atraso no desenvolvimento motor, paralisia cerebral, distúrbios neuromusculares, lesões esportivas, problemas respiratórios, problemas ortopédicos, entre outros.


O tratamento pode incluir exercícios terapêuticos, técnicas de mobilização, estimulação sensorial, treinamento de equilíbrio e coordenação, treinamento de marcha, terapia aquática e outras abordagens específicas para atender às necessidades individuais da criança.


A fisioterapia para crianças visa promover o desenvolvimento motor saudável, melhorar a função física, aumentar a independência e a participação nas atividades diárias, além de auxiliar na prevenção de complicações futuras. É um campo especializado que requer conhecimento e habilidades específicas para trabalhar com crianças em diferentes estágios de desenvolvimento.


Como funciona a fisioterapia infantil?

A fisioterapia infantil segue uma abordagem específica para atender às necessidades das crianças em seu desenvolvimento físico, motor e funcional. O processo de tratamento pode variar dependendo da condição ou problema específico da criança, mas geralmente envolve as seguintes etapas:


Avaliação

O fisioterapeuta realiza uma avaliação detalhada da criança, incluindo histórico médico, exame físico, observação do movimento, avaliação da função motora e análise das dificuldades específicas. Isso ajuda a identificar quais áreas precisam de intervenção e estabelecer metas terapêuticas.


Plano de tratamento

Com base na avaliação, o fisioterapeuta desenvolve um plano de tratamento personalizado para a criança. Esse plano pode incluir exercícios terapêuticos, técnicas de mobilização, estimulação sensorial, treinamento de equilíbrio e coordenação, entre outros.



Fisioterapia para crianças
Fisioterapia para crianças


Intervenção terapêutica

Durante as sessões de fisioterapia, o fisioterapeuta trabalha diretamente com a criança, guiando-a por exercícios e atividades terapêuticas específicas. O objetivo é melhorar a força, a flexibilidade, a coordenação, o equilíbrio e a função motora da criança.


Orientação aos pais/cuidadores

A fisioterapia infantil também envolve orientar os pais ou cuidadores da criança sobre exercícios ou atividades que podem ser realizados em casa para complementar o tratamento. Isso pode incluir instruções sobre posicionamento adequado, técnicas de estimulação e práticas para melhorar o desenvolvimento motor.


Acompanhamento e ajustes

À medida que a criança progride no tratamento, o fisioterapeuta realiza avaliações regulares para monitorar o progresso e fazer ajustes no plano de tratamento, conforme necessário. Isso ajuda a garantir que a intervenção seja eficaz e atenda às necessidades em evolução da criança.


A fisioterapia infantil é frequentemente realizada de forma lúdica e interativa, utilizando jogos, brinquedos e outras atividades que estimulam o envolvimento e a motivação da criança. O objetivo é tornar o tratamento divertido e estimulante para que a criança possa desfrutar e se engajar no processo de reabilitação.


O que é fisioterapia motora infantil?


A fisioterapia motora infantil é uma área específica da fisioterapia pediátrica que se concentra no tratamento e reabilitação de condições relacionadas ao sistema musculoesquelético e ao desenvolvimento motor das crianças. O objetivo é melhorar a função motora, a coordenação, o equilíbrio e a força das crianças, permitindo que elas participem plenamente das atividades diárias e do seu ambiente.


A fisioterapia motora infantil é indicada para crianças que apresentam atraso no desenvolvimento motor, alterações posturais, dificuldades de equilíbrio, fraqueza muscular, alterações na marcha, lesões ortopédicas, entre outras condições relacionadas ao sistema musculoesquelético.


O tratamento inclui uma variedade de técnicas e abordagens específicas para atender às necessidades individuais da criança. Isso pode incluir exercícios terapêuticos para fortalecer os músculos específicos, melhorar a amplitude de movimento e a mobilidade das articulações, técnicas de alongamento, treinamento de equilíbrio e coordenação, uso de dispositivos de apoio, como órteses ou andadores, entre outros.


Além disso, a fisioterapia motora infantil pode envolver atividades lúdicas e jogos que ajudam a motivar a criança e tornar o tratamento mais divertido. Os fisioterapeutas também trabalham em colaboração com outros profissionais de saúde, como terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos, para um tratamento multidisciplinar abrangente.


O objetivo final da fisioterapia motora infantil é permitir que as crianças alcancem seu potencial máximo de desenvolvimento motor e participem plenamente das atividades físicas e sociais de sua vida diária.


Método Cuevas Medek Exercises (CME)


O Método Cuevas Medek Exercises (CME) é uma abordagem terapêutica utilizada na fisioterapia pediátrica para o tratamento de crianças com atraso no desenvolvimento motor, paralisia cerebral e outras condições neuromotoras. Foi desenvolvido pelo fisioterapeuta espanhol Ramón Cuevas.


O CME baseia-se na ideia de que as crianças devem ser desafiadas a realizar movimentos funcionais em uma posição vertical, de maneira ativa e independente. O objetivo principal é promover a independência e a autonomia das crianças no movimento, estimulando o desenvolvimento motor e a aquisição de habilidades funcionais.


Durante as sessões de CME, o fisioterapeuta utiliza técnicas específicas para facilitar o movimento da criança, como estímulos táteis, posicionamento adequado, uso de plataformas de apoio e manipulação das extremidades. A criança é encorajada a realizar movimentos funcionais, como sentar, engatinhar, ficar de pé e andar, de forma ativa, enquanto o terapeuta fornece o suporte necessário.


O CME é um método altamente individualizado, adaptado às necessidades e capacidades de cada criança. O terapeuta avalia cuidadosamente a criança para determinar quais habilidades motoras precisam ser trabalhadas e quais estratégias serão mais eficazes.


O CME tem como objetivo principal estimular e facilitar o desenvolvimento motor natural da criança, promovendo a independência e a participação ativa nas atividades diárias. É importante ressaltar que o CME deve ser aplicado por fisioterapeutas treinados e qualificados, que possuam conhecimento e experiência nesse método específico.

736 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page